Ivan Lins em cena - 1ª edição

Nesta edição, as letras fortes que falam de amor e de protesto emolduradas por belíssimas melodias, de Ivan Lins e Vitor Martins, foram interpretadas por atores-cantores, acompanhados de música ao vivo para celebrar uma das mais bem-sucedidas parcerias da Música Popular Brasileira que completou 40 anos.

Uma obra memorável

Repertório

Talentos Revelados

10.000 espectadores

Equipe de Formação e Ficha Técnica

Vídeos e Fotos

Uma obra memorável

Um espetáculo inspirado nos 40 anos de parceria de Ivan Lins e Vitor Martins, presenteando o espectador com músicas de beleza ímpar.


“Ivan Lins em Cena quer dizer que eu estarei em cena, sem estar presente em cena. Mas estará a minha obra, o meu pensamento e a minha verdade, sob a visão teatral, o que vai valorizar muito o trabalho poético do Vitor Martins principalmente, que é um trabalho de texto muito bonito, e as minhas melodias expressadas através dessa linguagem maravilhosa que é o teatro (...)"

Ivan Lins

Repertório

Uma montagem a partir das canções, encenação sem diálogos, mas interpretações que dão o tom às cenas e que são um mergulho na obra de Ivan Lins e Vítor Martins, na parceria que rendeu sucessos como “Cartomante”, “Aos Nossos Filhos” e “Abre Alas”. São músicas poderosas e que foram escritas exatamente para mexer com as pessoas. Aqui um poeta pode ser letrista e vice-versa”, revela Ivan Lins. Veja aqui as 21 músicas que compuseram Ivan Lins em Cena:


  1. ABRE ALAS – Vitor Martins/ Ivan Lins
  2. DAQUILO QUE EU SEI – Vitor Martins/ Ivan Lins
  3. A NOITE – Vitor Martins/ Ivan Lins
  4. GUARDE NOS OLHOS – Vitor Martins/ Ivan Lins
  5. MADALENA – Ivan Lins/ Ronaldo Monteiro de Souza
  6. O AMOR É O MEU PAÍS - Ivan Lins/ Ronaldo Monteiro de Souza
  7. DE NOSSO AMOR TÃO SINCERO - – Vitor Martins/ Ivan Lins
  8. BILHETE – Vitor Martins/ Ivan Lins
  9. SAINDO DE MIM – Vitor Martins/ Ivan Lins
  10. O PASSARINHO CANTOU – Vitor Martins/ Ivan Lins
  11. CARTOMANTE – Vitor Martins/ Ivan Lins
  12. AOS NOSSOS FILHOS – Vitor Martins/ Ivan Lins
  13. COMEÇAR DE NOVO – Vitor Martins/ Ivan Lins
  14. NOTURNA – Vitor Martins/ Ivan Lins
  15. ILUMINADO/VIESTE – Vitor Martins/ Ivan Lins
  16. TRINTA ANOS – Vitor Martins/ Ivan Lins
  17. NOVO TEMPO – Vitor Martins/ Ivan Lins
  18. ANTES QUE SEJA TARDE – Vitor Martins/ Ivan Lins
  19. BANDEIRA DO DIVINO – Vitor Martins/ Ivan Lins
  20. SOMOS TODOS IGUAIS ESSA NOITE – Vitor Martins/ Ivan Lins
  21. VITORIOSA – Vitor Martins/ Ivan Lins

Talentos revelados




O processo que precedeu o espetáculo contou com a participação de 28 atores selecionados a partir das inscrições. Destes, 12 foram selecionados para participar da montagem final de Ivan Lins em Cena. Dentre estes, ao final da temporada, Lais Lenci foi chamada para participar do musical “Os Saltimbancos Trapalhões” devido a sua exposição durante a temporada do MPB EM CENA.



Veja abaixo todos os participantes do processo que antecedeu a montagem do espetáculo Ivan Lins em Cena. Em colorido estão os selecionados para a temporada que ficou em cartaz em 2014.

Bruna Tatar

Iniciou os estudos aos 8 anos na escola de teatro da Lygia Cortez (Casa do Teatro), nos espetáculos “O doente Imaginário” e “eu diário,nossos segredos”. Ingressou no “Studio Beto Silveira”, participou do seriado vencedor de Emmy Awards “Pedro e Bianca” direção de Cao Hamburguer. Em 2014 ficou em cartaz com o clássico “Pluft o fantasminha”, direção de Jean Dandah.

Bruna Volpi

Começou a estudar canto e música aos 8 anos no Conservatório Carlos Gomes de Campinas, onde se formou no curso técnico de Música Popular. Formou-se no curso de Canto MPB/Jazz no conservatório de Tatuí. Suas experiências profissionais são fortemente ligadas à MPB. Seu repertório passeia por ritmos brasileiros como Samba, Baião, Xote, Choro, Frevo, e uma pitada de Jazz.

Camila Castro

Iniciou os estudos em música e ballet aos 6 anos em Salvador e teve aulas de canto lírico com professores da UFBA. Atualmente, é aluna do curso técnico em artes cênicas no Teatro Escola Célia Helena, faz aulas de canto, ballet, sapateado e jazz. É aluna da Casa de Artes Operária, tendo participado das montagens dos musicais Smokey Joe’s Café, Aida e Into the Woods.

Célia Portela

Influenciada pela mãe, desde muito cedo ouviu, grandes compositores e intérpretes da música popular brasileira. Em 2011 inicia carreira profissional, atuando em shows como “Identidade” do cantor e compositor Felipe Sodré, no Projeto “Grandes Intérpretes” realizado pela “Babaya Casa de Canto” no 2º Festival de Música (FeM) Plaza Anchieta, classificada em terceiro lugar, e no show “Um Novo Tempo”.

Clara Vardier

Estreou a carreira profissional em 2008 no musical “Nos Embalos da Jovem Guarda”, de Marllos Silva. De 2009 à 2011 integrou as montagens, “A Noviça Rebelde”, “O Despertar da Primavera” e “As Bruxas de Eastwick”, de Charles Möeller e Cláudio Botelho. Em 2013 protagonizou o drama “Vitória” dirigido por Danillo Cianciarullo. Atualmente é estudante do curso de graduação em artes cênicas do Teatro Escola Célia Helena, faz sapateado, jazz e ballet clássico no Estúdio Anacã Corpo e Movimento, e estuda canto com Amélia Gumes.

Daniel Klepacz

Iniciou seus estudos em 2012 na FAAP, participou da montagem de “O Beijo no Asfalto” e fez curso de atuação para TV e Cinema na Oficina de Atores. 2013 entra no universo do Teatro Musical em oficina do Clube Hebraica, e na escola TeenBroadway. No mesmo ano iniciou os estudos de canto. Atualmente estuda atuação pelo Método Meisner, participa de um Coral Litúrgico além de fazer campanhas publicitárias,TV e Cinema.

Diego Gazin

Formou-se pelo Teatro Escola Macunaíma em 2004. Fez cursos de interpretação para TV e cinema, além do Centro de Pesquisa Teatral (CPT), de Antunes Filho e Escola de Atores Wolf Maia. Participou de montagens como O gato Malhado e andorinha sinhá, e A galinha Pintadinha. No cinema, fez participação no curta “Mais uma noite”. Recentemente participou da série Patrulha Salvadora, além de diversas campanhas publicitárias.

Edu Herrera

Ator – Cantor – Dançarino. Estuda Teatro Musical desde 2009 através das escolas Senac, OperÁria, TeenBroadway e 4act. Além de se preparar separadamente em cada área com professores particulares. Atualmente cursa Escola de Atores Wolf Maya e trabalha como garçom-cantor do “Brooklyn Restaurante”

Erick Ferrari

Ator e Cantor. Estudou Teatro e Teatro Musical nas Instituições Senac e Casa de Artes Operária. Tem Amélia Gumes como sua mestra de canto para musical. Esteve em cartaz com diversas peças, entre elas, a mais recente foi Pluft – o Fantasminha, onde viveu o protagonista Pluft, no Teatro Bibi Ferreira.

Flávia Libonati

Médica oncologista, sempre estudou dança, canto e teatro. Estudou canto no Conservatório Souza Lima em Buenos Aires, integrou o coral do BDS, sendo vencedora do Prêmio “La Nación” e do prêmio MPB ACESC VOCAL, 2006 e em 2013. No teatro musical passou pela BDS Players e casa de arte operária. Atualmente está atuando e auxiliando musicalmente a montagem da adaptação da série “Smash” no Ballet Art.

Gê Brandão

Estudante de Licenciatura em Educação Musical na UNESP e canto popular na EMESP Tom Jobim , já realizou cursos de iniciação em teatro musical na 4 ACT Performing Arts, sendo vencedora do prêmio 4ACT Idol de 2011. Cursou canto popular na Bituca – Universidade de Música Popular , tendo aulas com professores como Ian Guest e o grupo teatral Ponto de Partida.

Gustavo Grangeiro

Formado como Bacharel em Artes Cênicas pela UFBA – Universidade Federal da Bahia desde 2002, atuou como: ator , professor, diretor e cantor, tendo iniciado a carreira em 1995 . Nos últimos trabalhos como ator integrou o o elenco de UP Leon, O interrogatório, Ensaio sobre a cegueira, Idas e vidas, Só o Faraó tem Alma, além de participar do Prêmio Brasken de Teatro em Salvador.

Henrique Bravi

Ator, cantor, cineasta. Entre 2011 e 2013, destacam-se os trabalhos nos musicais em inglês Oh, Brother, The Tempest e Footloose, workshops de musicais Meu Amigo Charlie Brown, Hair e Priscilla, a Rainha do Deserto, este com direção musical de Paulo Nogueira. Desde 2012 tem aulas de canto com Ettore Veríssimo e em 2013 fez jazz com Kátia Barros.

Isabel Gomez

Atriz, Clown e com 23 anos de experiência como produtora e administradora de espetáculos teatrais.Além de assinar a coordenação de produção da oficina e montagem do Ivan Lins em Cena, também participou como atriz na montagem resultante da oficina.

Laís Lenci

Atriz, cantora e bailarina. É formada em teatro musical e interpretação pela New York Film Academy, em Nova York. No Brasil, graduou-se em artes cênicas pelo Teatro-Escola Macunaíma. Desde 2008, tem como sua mestra de canto, Amélia Gumes. Integrou o elenco de diversos espetáculos, entre eles o musical Aladdin, no teatro Bradesco, em São Paulo.

Leilah Neme

Seus estudos de música começaram aos 07 anos com aulas de piano. Estudou violão, canto, Leitura Ritmica, teatro e atuação para TV. Iniciou em 2014 curso de Performance e Dramaturgia para Cantores. Seu primeiro CD intitulado “Correndo Perigo”, foi lançado com músicas de compositores inéditos, já fez apresentações em Nova York, na casa de shows Scalla Brasil, em Festivais de música por todo Brasil. Atualmente realiza pesquisa de repertorio para seu próximo CD/SHOW “Virando a Página”.

Lia Levin

Bailarina, atriz e cantora. Apaixonada pelas artes cênicas, procura exercer sua paixão em constante estudo da dança, canto, interpretação, artes circenses e toda outra forma artística que possa ampliar sua capacidade de comunicação performática. Sua mais nova empreitada são as artes circenses com o foco no tecido.

Luz Lima

Cantora, Paulistana, desenvolve projetos de música brasileira e se apresentou por algumas cidades do Brasil, Europa, África e América Latina.Tem projetos apresentados na rede SESC, Estação Cultural, Secretaria da Cultura do Estado de SP, AABB. Formação: Canto Popular e Erudito, técnica, teoria, percepção musical – Voice | Ana Luiza Amaral.

Mag Raich

Contadora de histórias e escritora infantil. Conheceu o teatro aos 4 anos de idade, aos 16 fez sua primeira oficina de teatro. Em 2012, retomou as atividades artísticas, nas escolas Incenna e Indac. Na música, participou do sarau em homenagem ao arquiteto João Artacho Jurado, ao lado da cantora Inês Stockler. Em 2013, dedicou-se à contação de histórias e divulgação de seus livros.

Márcia Sebben

Atriz e cantora dirigida por: Adriano Cypriano na peça “Assim que se Passem…” inspirada na obra de García Lorca, por Wanderley Martins na oficina “Sonoridade para Artaud”, por Joana Dória em “Sábado, domingo e segunda” de Eduardo de Filippo e por Guilherme SantAnna em “A história é uma história” de Müllôr Fernandes. Estudou Canto lírico, canto popular brasileiro e teatro musical. Seu primeiro trabalho como intérprete de música popular Brasileira foi o CD “Coisas do Brasil” lançado em 2005.

Maira Lins

Cantora baiana de formação popular, gravou canções do CD Cantigas de Infância e criou o PUMM-Por Um Mundo Melhor, musical infantil que traz cultura da infância com novas linguagens. Faz parte da Companhia de Teatro “Ateliê Voador” com Coral, um musical etno-ceno-gráfico e é cantora do musical O Eterno Aprendiz Eterno sobre Gonzaguinha.

Marco Ortiz

Há 11 anos atua no mercado de eventos como cantor. No teatro, teve uma breve experiência numa oficina com Vladimir Capella. Desde 2008 se especializa na área de cinema e TV. Em 2013, integrou o elenco de um episódio-piloto para a série “Polícia S/A”, em fase de pós-produção.

Mirian Limma

Atriz e cantora; é graduada em Letras pela USP em Inglês e Português, passou dois semestres em Montreal, Canadá onde estudou na Universidade Concórdia, lá iniciou seus estudos em canto coral. Fez de teatro musical, cursos de locução comercial e dublagem. Nas artes cênicas, passou pelo Grupo Vocacional, Studio Entreatos, Ágora Teatro, Studio Fátima Toledo e Instituto Stanislavsky. Participou de curtas-metragens, entre eles o média-metragem “Pedaço de Mim” selecionado para o Short Film Corner do Festival de Cannes de 2014.

Priscila Cammarosano Callegari

Atriz, dançarina de Flamenco, cantora. Começou musicalização com apenas um ano e desde então não parou de se envolver com música e arte. Estuda teatro e dança desde pequena e agora investe na carreia de teatro musical.

Ricardo Pandolfi

Cantor, ator e bailarino. Formado pela Escola de teatro Macunaíma, pratica Ballet clássico, Jazz e Sapateado. Já teve como preparadores vocais: Rafael Villar, Amélia Gumes, Sara Sarres e atualmente Meghan Dawson. Participou de cursos e aulas ministrados por Katia Barros, Marconi Araujo e Beatriz Lucci e integrou o elenco de montagens musicais em companhias de teatro musical, produzidas pela Casa de Artes Operária.

Sávio Andrade

Cantor e compositor, em 1992, grava seu primeiro trabalho demo na Rádio KLBS, Califórnia. Em 1997 fez sua primeira apresentação na Bahia, no show de Orlando Morais. Em 2004, inicia carreira solo e atualmente integra o Grupo Vocal MP7. Como compositor passa realizar a produção para seu primeiro álbum autoral. Em suas composições mais recentes está o “Samba da Esperança”, parceria com John Gallegos.

Tatiana Batalha

Pianista desde os 7 anos de idade. Iniciou estudos de Jazz e Sapateado aos 12 anos, hoje em aperfeiçoamento destas técnicas na Casa de Artes Operária, Ballet Clássico método cubano e Canto para Teatro Musical desde 2011. Atualmente estuda na Escola de Teatro Célia Helena. Participou em 2012 do espetáculo “Making Musicals 4” da Escola de Atores Wolf Maya, entre outras montagens da Casa de Arte Operária.

Tito Soffredini Korich

Vídeos e Fotos


Equipe de Formação

Conheça nossa equipe

Isser Korik

Direção Geral

Diretor, ator, produtor, tradutor e dramaturgo, coleciona trabalhos marcantes como comediante em quase 30 anos de carreira. Entre eles, “Vacalhau & Binho”, de Zé Fidélis, que permaneceu oito anos em cartaz, “O Dia que Raptaram o Papa”, de João Bethencourt e, recentemente, “E o Vento não Levou”, de Ron Hutchinson, e “Toda Donzela Tem um Pai que é uma Fera”, de Gláucio Gill. Como diretor se destaca na comédia e no humor. Concebeu “Nunca se Sábado...”, apresentado por quatro temporadas sob sua direção geral, que marcou a cena paulistana. Dirigiu o sucesso “A Minha Primeira Vez”, de Ken Davenport, a trilogia cômica de Alan Ayckbourn “Enquanto Isso...”, “O Mala”, de Larry Shue, o projeto “Te Amo, São Paulo”, que reuniu grandes nomes da dramaturgia paulista, além dos infantis “A Pequena Sereia”, de Fábio Brandi Torres, “Grandes Pequeninos”, de Jair Oliveira, “O Grande Inimigo” e “Ele é Fogo!”, de sua autoria, tendo recebido por esse último o Prêmio APCA. É diretor artístico do grupo Conteúdo Teatral.


Fezu Duarte

Interpretação

Foi diretora artística do Teatro Brasileiro de Comédia de 1998 a 2003. No TBC, criou a Cia. de Repertório e atuou como atriz em “Ópera do Malandro”, com direção de Gabriel Villela. Fundou também a Cia. de Teatro Rock, em que dirigiu os espetáculos “QAP”, “A Borboleta sem Asas” e “Na Cama com Tarantino”. Em 2004, dirigiu “Revolução Urbana”, primeiro espetáculo sobre o Legião Urbana. Assinou a direção dos musicais “A Sessão da Tarde ou Você Não Soube Me Amar”, “Lado B – Mudaram as Estações” e “Os Saltimbancos”, que permaneceu por quatro anos entre os dez melhores espetáculos infantis na Veja São Paulo.


Vanessa Guillen

Expressão Corporal

Bailarina, coreógrafa e diretora teatral. Tem sólida formação em ballet clássico e dança contemporânea, através dos melhores profissionais do Brasil e de Cuba. Possui cursos de formação em teatro, direção, expressão corporal e aperfeiçoamento em técnicas corporais. Foi bailarina das companhias: Balé da Cidade de SP, Ballet Stagium, Cia de Danças de Diadema, Siameses e Cia Druw. Participou de tournées pela Alemanha, França, Áustria, Luxemburgo, Espanha, Uruguai e China, e por quase todos os estados brasileiros. Foi assistente de direção, diretora residente e dance captain ao lado de José Possi Neto nos musicais: Crazy For You, Cabaret, New York New York, Emoções Baratas e Bark! Um Latido Musical. Assistente de direção de Rodolfo Garcia Vasquez na peça Roberto Zucco, prêmio APCA de melhor direção 2010 e de José Possi Neto na peça Vidas Privadas. Dirigiu e coreografou O Homem n´Água, com Paulo Goulart Filho. Ministra aulas e coreografa grupos há 20 anos.


Marcelo Castro

Diretor Musical

Marcelo Castro é um profundo conhecedor musical e atua profissionalmente no meio há cerca de 20 anos. Seus estudos de música começaram muito cedo, quando ele tinha quatro anos. Fez diversos trabalhos em áreas distintas do meio musical como pianista, cantor, preparador vocal, regente, diretor e supervisor. Sua principal área de atuação é no teatro musical, atividade na qual fez parcerias com a dupla Charles Möeller e Cláudio Botelho, em espetáculos como “Hair”, “O Mágico de Oz” e “O Despertar da Primavera”. Vencedor da categoria melhor música no 24º Prêmio Shell (2011) pelo espetáculo “O Violinista no Telhado”, coprodução do grupo Conteúdo Teatral e Aventura Entretenimento.

Ficha técnica do Espetáculo


Banda

Piano - Juliana Ripke

Baixo - Peter Mesquita

Bateria - Everton Nascimento (Pelé)

Figurinos

Kleber Montanheiro

Iluminação

Isser Korik

Vídeos

Rodrigo Fonseca

Fotografia

Carolina Gonzalez

Assessoria de Imprensa

Kamilla Vulção

Produção Gráfica

Laudelino Neto, Daniela Serpelloni

Equipe Técnica

Jardim Cabine: Willian Banin, Priscilla Giuliani, Michelle Banin, Rafael Pereira, Israel Assis, Lucas Moreira, Vinicius Souza, Angela Oliveira, Leninha Oliveira Sônia Santana, Kate Marone, Mayara Cristine

Coordenação Geral

Max Schiftan

Coordenação de Produção

Isabel Gomez

Produção Executiva

Felipe Costa

Estagiária de Produção

Rebecca Momo